Para cumprir sua missão corretamente, a nutrição parenteral deve ser utilizada com alguns cuidados. A manipulação dos elementos e a sua aplicação têm que seguir algumas regras para que tudo saia conforme o esperado. Então, treinar a equipe de farmacêuticos e assistentes é essencial.

O direcionamento quanto aos procedimentos faz a diferença para que os profissionais ajam com conformidade, e para que possam ajudar na orientação de enfermeiros. Desse modo, o paciente tem maior segurança e o procedimento atinge os objetivos esperados.

A seguir, veja como treinar a equipe de farmacêuticos e assistentes para a administração da nutrição parenteral, e tire as suas dúvidas!

Nutrição parenteral

A nutrição parenteral é um recurso utilizado quando o paciente não pode ou não deve se alimentar de forma tradicional. Os problemas no trato gastrointestinal são os maiores motivadores para a indicação quanto a essa solução.

Ela pode ser do tipo parcial, quando atende a apenas algumas necessidades, ou total. Em relação a treinar farmacêuticos e assistentes, é indispensável que eles entendam a importância de uma solução personalizada. Cada paciente tem exigências específicas e que devem ser consideradas na hora da escolha da melhor nutrição parenteral.

Esse entendimento, inclusive, é importante porque alternativas prontas e padronizadas tendem a não funcionar tão bem em médio e longo prazo.

Cuidados na administração

Quando se fala em treinar a equipe de farmacêuticos e assistentes, é essencial dar atenção às questões relacionadas à administração. Isso porque a solução parenteral é estéril, visto que estará presente na corrente sanguínea do paciente. Desse modo, se ela não for manipulada e administrada da forma correta, os riscos de infecções e problemas diversos aumentam.

É necessário, por exemplo, definir qual será o meio de administração da solução e as vias venosas disponíveis de administração são a periférica e a central. Não é incomum se deparar com pacientes que possuem um cateter destinado para esse procedimento. Nesse cenário, é fundamental que a via venosa seja exclusiva para a função. Do contrário, podem ocorrer contaminações, e não há controle sobre a segurança e a proteção.

Durante o processo, também é preciso se preocupar com duas questões principais: a inserção do equipo na bolsa e a definição da velocidade de infusão. No primeiro procedimento, a atenção é fundamental do ponto de vista da assepsia e da integridade. É preciso ter cautela para que o elemento não seja furado, comprometendo a segurança microbiológica.

Em relação à velocidade de infusão, a equipe deve compreender a importância de programar a bomba corretamente. A calibragem também é necessária, de modo que tudo ocorra dentro do tempo previsto. Quando o time de farmacêuticos e assistentes reconhece esses cuidados, é possível garantir uma administração segura e adequada, levando a obtenção dos efeitos desejados.

Cuidados na instalação

No hospital, a parte da instalação da nutrição parenteral é a mais crítica e, por isso, treinar a equipe de farmacêuticos e assistentes é tão importante. Apesar de essa ser uma função da enfermagem, esses profissionais devem ser capazes de oferecer orientações consistentes e que ajudem a garantir um bom resultado. O trabalho do grupo multidisciplinar é determinante desde a indicação e administração até a instalação.

Em primeiro lugar, a condição indispensável é a assepsia. É necessário que o equipo esteja completamente estéril, além de contar com os devidos aparatos de segurança, proteção e isolamento quanto aos microrganismos.

Na preparação, são exigidos cuidados no acréscimo de todos os componentes à bolsa, conforme a prescrição. Após o preparo, é necessário se preocupar com outras etapas, como a identificação e a fixação de rótulos que garantam uma comunicação eficiente.

Também é preciso cuidar do acesso venoso, com a total desinfecção da área de administração. Conforme ocorrer o uso, há a exigência em relação a uma boa troca de curativos o objetivo principal é sempre evitar a perda de segurança microbiológica. 

No caso de pacientes que recebem a nutrição parenteral em casa e por meio de cuidadores, o reforço dessas exigências é ainda mais importante. Treinar a equipe de farmacêuticos e assistentes permite que eles ofereçam a orientação adequada para que a nutrição venosa seja utilizada de modo seguro e com a máxima proteção.

Inspeção visual na dispensação

Na parte de produção, a inspeção visual é um elemento essencial para garantir a qualidade das bolsas de nutrição parenteral. Essa etapa inclui muitos detalhes e leva em consideração aspectos físicos e microbiológicos após a produção.

A princípio, é preciso garantir características como peso e volume, de modo que as recomendações de uso sejam atendidas. Também é necessário dar atenção a elementos como a coloração da solução, a presença de partículas visíveis ou de fases (nesse caso, é algo que indica a quebra de emulsão). Tais aspectos apontam que pode ter ocorrido algum erro na produção, por exemplo.

Em relação ao armazenamento das matérias-primas e insumos, há cuidados específicos quanto às condições de temperatura, incidência solar e até distância da parede. Tais elementos causam influência na hora da inspeção visual e, portanto, tudo tem que ser considerado.

No momento do uso, os mesmos fatores devem ser observados. Além disso, é necessário garantir a integridade do lacre e verificar a presença de vazamentos. Isso faz com que seja possível analisar se existe algo que pode comprometer a segurança em relação ao isolamento dos microrganismos.

Quando farmacêuticos e assistentes são treinados nesse sentido, podem oferecer um controle muito melhor do que é administrado. Os profissionais também são capazes de repassar orientações determinantes para a segurança do paciente e sucesso de todo o processo.

Com essas etapas, é possível treinar a equipe de farmacêuticos e assistentes para o uso da nutrição parenteral. Isso gera um procedimento que segue as normas específicas de saúde, além de aumentar a confiabilidade em relação à administração para o paciente. Sendo assim, é uma fase que não deve ser desconsiderada!

Para ter acesso a soluções nutritivas parenterais individualizadas e com grande qualidade, entre em contato conosco e veja como podemos ajudar.

Autor

Escreva um comentário